sábado, 22 de janeiro de 2011

FRIO


Detesto frio!
Todos eles.
Minhas costas doem,
Meus pés não esquentam.
E o cheiro de mofo me faz coçar o nariz,
Que também não esquenta.
O sol não aparece
E esse frio ainda durará noite afora.
Cada segundo mal dormido,
Cada movimento do pensamento
Em direção ao ponto errado
Procurando porquês.
Reviro. Atravesso a noite fria.
Esse frio que vem lá de fora de você...
Que foi.
O frio que vem dos brejos da minha alma
Orgulhosa de fingir-te nada.

Faz frio aqui fora de você
E eu fui externamente excluída
Do meu incandescente sonho de eternidade
Que quase morreu de frio
Na sarjeta fria da esquina,
Onde descobri
A dualidade tripla de nós.
Eu, você e a omissão.
Ou foi a solidão?
Talvez a decepção!
Não sei.
Só sei do gelo
Que restou do fogo de nós.
Faz frio aqui,
E eu detesto frio.
Quero esquentar os meus pés
E o meu nariz
Que mais parece o de uma cachorra vira-lata...


Mas amanhã de manhã
Faz sol de novo
Atrás do inverno gelado que vivi.
E virão flores inflamadas,
E pássaros ígneos esquentar-me a manhã,
Porque toda frieza será vencida.
Teu frio não mais contornará o meu futuro...
Não aplacará em mim, a minha febre de vida.
Amanhã de manhã.

27 comentários:

  1. Olá Carla, no meu blog há uma pagina onde coloco os endereços dos blogs e sites que gosto, coloquei o teu por lá, tudo bem?
    É só o endereço...gosto de indicar para os amigos tudo que me agrada e este cantinho é muito agradavel...bjos

    ResponderExcluir
  2. O frio da indiferença queima muito mais do que o fogo da paixão.

    Beijos moça e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. A temperatura só não pode ser amena, ambiente, morna, chata.

    ResponderExcluir
  4. O frio interno dói mais do que o externo. Teu poema é encantador.

    ResponderExcluir
  5. O sol há de fazer fenecer as teias invisíveis de um frio cortante.

    Eu também não gosto de frios, ele nos impede de relaxarmos.

    Estarei sempre por aqui Carlinha.

    Abraços e ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  6. O frio que congela (senão matar) é o mesmo que torna o calor de outro corpo tão gostoso na hora de um abraço durante a madrugada.

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  7. Ainda bem que não gostas do frio...Deu um belo texto:)

    ResponderExcluir
  8. Me perco no tempo, te encontro no eco de uma canção fria, onde morre a brisa solitária de uma noite onde o amor deixa de acontecer.

    Oi moça feiticeira rsrs

    lindo lindo poema, beijos

    ótimo final de semana, cheio de boas inspirações.

    ResponderExcluir
  9. Carla. Adorei tua visita! E teu blog também. Vou colocar teu blog na minha lista para melhor te acompanhar e fazer outras visitas!

    um beijo!

    ResponderExcluir
  10. Obrigada pelo carinho querida.
    Adoreei aqui também, liindo texto!
    Vou acompanhar.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  11. o frioé bom quando se tem por perto um coração quentinho

    ResponderExcluir
  12. É óptimo saber isso, obrigada (:

    ResponderExcluir
  13. Fico feliz por ter gostado e por me acompanhar (:

    Vou seguir, também.

    ResponderExcluir
  14. .

    Seja muito bem-vinda, Carla!

    Sigo-te também.

    Encantada com tuas palavras!

    Que o frio da solidão se afaste... nos venha sempre o fogo do amor.

    .
    .

    ResponderExcluir
  15. Que venha o sol, que venha letras aquecidas, que venha o seu desejo envolvente de escrever quando o frio não aquecer, rs...

    Lindas palavras que o frio te proporcionou!!

    Beijos linda

    ResponderExcluir
  16. Esse frio de palavras aquecidas por emoção... poesia boa!

    ResponderExcluir
  17. Carla,
    obrigada pela doce visita :)

    Seja sempre bem vinda ao Reino.
    Beijo de poesia!

    ResponderExcluir
  18. Obrigada, o seu também é lindo!Até breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Belo post!

    Belo blog...

    Parabéns, muito bom!!!

    Convidaria vc a conhecer minha poesia..
    Ficaria feliz demais!!! http://mailsonfurtado.com

    ResponderExcluir
  20. Oii !
    Gostei do seu blog. Pode seguir o meu blog ?
    http://xxx-memories-xxx.blogspot.com/
    Ficarei feliz em ver você lá no meu cantinho.

    Obrigada pela atenção, Beijoos ♥

    ResponderExcluir
  21. 'Só sei do gelo
    Que restou do fogo de nós.'...é o que fica pelo tempo que o sentimento for maior que as lembranças, meras lembranças...te seguindo.

    ResponderExcluir
  22. Que o sol brilhe aqui fora e aí dentro de ti, querida. Belíssimo texto!
    Passo tb para agradecer as palavras lá no blog! Começo a acostumar-me com tua sensível presença em minha casa virtual. :)
    Bjo e paz, amiga Carla.

    ResponderExcluir

Cola sua ESCREVÊNCIA na minha...Eu junto tudo e a gente faz uma canção...
Juntos, os nossos sonhos de ESCREVÊNCIA podem ser maiores...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leia mais...